Monday, 17 May 2010

Shipwreck


3 comments:

White Flower said...

Como é possível perder-te
sem nunca te ter achado
nem na polpa dos meus dedos
se ter formado o afago
sem termos sido a cidade
nem termos rasgado pedras
sem descobrirmos a cor
nem o interior da erva.

Como é possível perder-te
sem nunca te ter achado
minha raiva de ternura
meu ódio de conhecer-te
minha alegria profunda.

(Poema sobre a recusa, Maria Teresa Horta)

geololo said...

very very good ! thank you very much for letting us know the music of this guy!

FLY said...

Geololo:

Girl! Chris Pureka is a GIRL! :)