Sunday, 5 December 2010

TheMuSiK / 0001

DOWNLOAD  (1/180)


xxx

7 comments:

FLY said...

Ufff! Isto dá muito trabalho :)))) Nos Cds tem que estar tudo muito organizado :))) Não há nada como o rock! Sempre a abrir! Hehehe! :))

Dia importante. Agora sim, o meu blogue começa a ficar muito mais parecido comigo! :)))))) E agora temos cá a música 'quase' toda!!

White Flower said...

Isto assim está fácil! :)
Tenho que ouvir o cd todo... para ver se já sou capaz! :D

FLY said...

WF:

Ó, moça! :))) Tu deverias querer dizer "isto assim é lindíssimo"! Moça, o músico nesta altura ainda era bem mais moço que tu! Era um puto! Mas já 'fazia' 'esta' música!
Assim, naturalmente 'linda'. Sabes porquê? Porque ele era a MÚSICA.

Pois é, muita gente não gosta de Jazz e Clássica porque "uns espertos mal informados mas convencidos que sabem muito e que dominam alguns canais de informação" se foram encarregando de nos dar uma ideia muito errada sobre estes 'tipos' de música. Nem de rock percebem! Conheci alguns quando colaborava na rádio Comercial... Percebes porque vou postar a obra toda do Mozart? Aqui não há "best's of". Há VIDA e OBRA de músicos de excelência...

Eu sei que vais gostar. Muito.

Vanessa said...

ai meu deus, que esta música enerva-me tantooooo! vai ser uma rubrica penosa para mim, já estou mesmo a ver... aiiieee! dá vontade de atirar de uma ponte abaixo ou o raio... (desculpa, não consigo gostar. :s)

FLY said...

Vanessa:

Não concordo e não entendo.

Se me disseres que não gostas de Camões ou do Castelo da Pena eu também não entenderei.

O neoclassicismo é um dos ciclos (não muito longo) importantes da história da humanidade. Não é possível não gostar de Montesquieu, Voltaire, Marquês de Sade, Daniel Defoe (“Robinson Crusoe”) e de Jonathan Swift (“As Viagens de Gulliver”) (...)

De Jacques Louis David (“A Morte de Marat” e “A Morte de Sócrates”) ou de Dominique Ingres (...)

Não é possível não gostar do Panteão de Paris (...)

Não é possível não gostar de Mozart (...)

vanessa said...

também não estou a pedir que entendas. :) gostos não se discutem.... e não, não gosto de camões. mas isso não quer dizer que não respeite. agora não me ponham a ler ou a ouvir o que não consigo gostar... por mais que tente. é isso... se todos gostassem de tudo o mundo seria muito aborrecido. :)

beijo*

Mo said...

I don't know why exactly but I like the way she plays. Her "independence of mind" (how she fills, awake the music).
The mixture of brilliance (playing techniques) and passion.

Love the slow, calm 280.
.... and now I want new speakers for my stereo,YES! :)